Marca “P Portugal” vai promover produção nacional no mundo

PortugalO Instituto de Apoio às Pequenas e Médias Empresas e à Inovação (IAPMEI) e a AICEP Portugal Global (AICEP) assinaram o  compromisso de dinamizar a marca P “Portugal” nas ações de promoção externas através da agência liderada por Miguel Frasquilho ou de entidades terceiras, autorizadas pela AICEP.

A marca “Portugal”, uma declinação com origem na marca nacional “Portugal Sou Eu” detida pelo IAPMEI, será promovida, como marca-chapéu, em ações coletivas agregadoras de empresas nacionais, dinamizadas em certames internacionais pela Aicep e/ou pelas associações empresariais e sectoriais.

“Depois do apelo à ligação dos portugueses aos seus produtos, agora há o alargamento desse apelo ao mundo”, afirmou o secretário de Estado da Inovação, Investimento e Competitividade, Pedro Gonçalves, na conferência de imprensa realizada ontem no Ministério da Economia.

Pedro Gonçalves explicou que “é importante ter uma marca Portugal nos mercados internacionais”, considerando que “dado o forte dinamismo das empresas portuguesas, é fundamental atuar em conjunto, criando uma unidade e uma marca comum com o objetivo de promover os produtos, serviços e talentos portugueses”.

Já o secretário de Estado Adjunto e da Economia, Leonardo Mathias, destacou que a marca “P Portugal”, ‘filha’ do “Portugal Sou Eu”, “é um chamar de afetos”, que pretende acelerar “o dinamismo das exportações portuguesas”. “Faltava uma peça fundamental que tem a ver com o dinamismo das nossas exportações. Associamo-nos a este protocolo que vai possibilitar a utilização do logotipo em feiras e eventos internacionais”, referiu.

Em causa estão cerca de 450 de ações internacionais planeadas para 2014 e 2015 em mais de 40 países, com destaque para a União Europeia, Brasil, PALOP, Colômbia, Rússia, China e Estados Unidos da América.

Neste momento, estão inscritas no programa “Portugal Sou Eu” mais de 1.000 empresas, tendo já sido qualificados cerca de 2.000 produtos, que representam um volume de negócios agregado superior a 1,3 mil milhões de euros.

2014-07-11 11:28
AICEP

A FELINO – Fundição e Construções Mecânicas, S.A. investe fortemente na sua capacidade produtiva

FELINO MáquinaA FELINO, com constante objetivo de disponibilizar no mercado soluções adequadas, eficientes e de grande flexibilidade tem, investido fortemente no desenvolvimento da sua capacidade produtiva, garantindo aos seus clientes uma resposta rápida aos pedidos solicitados, a obtenção de produtos avançados, robustos, de alta precisão a preços competitivos.

A empresa desenvolve a sua atividade em dois sectores distintos: o do fabrico de equipamentos de panificação e o de peças técnicas no sector metalúrgico e metalomecânico. Por ser um construtor de máquinas, a FELINO dispõe de know-How e meios para fornecer peças técnicas numa vertente de subcontratação nas áreas de fundição (ferro e alumínio), maquinação e montagem de componentes. 

O centro de Maquinação Mori Seiki NHX10000, o mais recente investimento da FELINO, foi projetado para a maquinação de peças de alta precisão e de dimensões consideráveis. A versatilidade da maquinação é garantida através da possibilidade de maquinar peças até 3000kg com um diâmetro máximo de 2000mm e altura máxima de 1600mm.

Esta empresa portuguesa, com mais de 75 anos de existência, aposta na inovação tecnológica, credibilidade e experiência no setor metalúrgico e metalomecânico com o objetivo de otimizar os seus investimentos, aumentar a eficiência produtiva e o crescimento internacional bem como captar novos clientes.

###

A Felino

Fundada em 1936 a FELINO – Fundição e Construções Mecânicas, S.A. é uma empresa especializada na execução de peças técnicas numa vertente de subcontratação nas áreas da fundição (ferro e alumínio), maquinação e montagem de componentes.

Instalada no Norte de Portugal, em duas grandes unidades fabris, e com uma vocação essencialmente exportadora, muito se orgulha de fornecer os seus produtos e serviços de subcontratação a clientes de países altamente industrializados como a Alemanha, França, Espanha, Holanda, entre outros.

O constante investimento em novos equipamentos produtivos permite à FELINO oferecer aos seus clientes uma melhoria contínua dos serviços de execução de peças técnicas. A versatilidade da maquinação é garantida através da possibilidade de maquinar peças até 3000kg com um diâmetro de 2000mm e altura de 1600mm que tem resultado numa crescente satisfação dos clientes quer de peças fundidas quer de peças maquinadas.

Otimizar os investimentos, aumentar a eficiência produtiva tendo em vista a satisfação do nosso parceiro mais importante – O NOSSO CLIENTE –  são alguns dos objetivos da FELINO, que tem no seu ADN, a inovação tecnológica, credibilidade e experiência, de mais de 75 anos, no setor metalúrgico e metalomecânico

Para mais informações, contactar:
Carla Duarte – Tel. 229699830